Mês: maio 2015

Qual reforma? – Editorial

Se existe algo neste país de tantas divergências que todos brasileiros concordam é a necessidade de uma reforma política. É um grande exagero entende-la como “a reforma das reformas”, como afirmam alguns que a vêm com uma panaceia para todos os males do Brasil, mas não há dúvida que o modelo atual é inapropriado e […]

consulte Mais informação

EXPRESSO BRASÍLIA: Uma história pouco conhecida da nossa Babilônia – Luciano Oliveira

Luciano Oliveira Nunca me esqueci dos três nomes mágicos que enfiei na cabeça para fazer uma prova de história, quando era menino: Quéops, Quéfren e Miquerinos. As três grandes pirâmides do Egito. Nunca me esquecerei também do épico Os 10 Mandamentos, de Cecil B. de Mille (assistido pela primeira vez por essa época), onde escravos […]

consulte Mais informação

As Divisões de Francisco I – Editorial

Diante do conselho político de um aliado para adotar uma postura tolerante com a religião católica na União Soviética, o ditador José Stalin perguntou de forma irônica: “Quantas Divisões tem o Papa?” Stalin não era bobo e sabia que o Vaticano não tinha armas, mas, dependendo do jogo diplomático, conta com o poder moral e […]

consulte Mais informação

A morte do Pai. – João Rego

João Rego A seu Lila (Maurílio Rego). (in memoriam) 19.05.2015 O grito de terror da minha mãe perpassou o meu corpo. Acordo assustado. Tenho treze anos e não imaginava nunca que toda a minha infância estava se dissolvendo naquele momento. Pulo da cama e corro para a cozinha, de onde veio o grito. Encontro minha […]

consulte Mais informação

A batalha do cais – Editorial

A batalha do cais   O processo atropelou o projeto. A pressão dos movimentos sociais liderados pelo Ocupe Estelita levou à reformulação do desenho original do projeto Novo Recife previsto para o Cais José Estelita: aumento da área pública de 45% para 65% da área total, redução da altura média das torres de 40 para […]

consulte Mais informação

Privacidade versus Segurança – Editorial

A característica mais interessante da internet é a ausência de um sistema centralizado de governança que defina ou restrinja os conteúdos que circulam na rede, dando poder ao cidadão e permitindo uma completa descentralização da informação, de dados e imagens. Ao contrário do Big Brother que controlaria tudo, especialmente o cidadão, a internet permite que […]

consulte Mais informação

A Semana

Carregando...

Assinar Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em seu e-mail.

comentários recentes

Nosso acervo