Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

A Viena Vermelha – João Rego

Imaginem um país destruído após uma terrível guerra, como foi a Primeira Guerra Mundial. A Áustria, derrotada, viu o Império Austro-Húngaro ruir. Em 1918, encerrava-se um regime de poder constituído desde 1867.

Read More

Impressões de um viajante: Viena – João Rego

Viena, na passagem do século XIX para o século XX, foi a origem de uma revolução na forma como seria definida nossa humanidade. No epicentro dessa revolução estava Freud e seu livro “A Interpretação dos Sonhos”. Como toda revolução duradoura, a princípio, não foi bem recebida.

Read More

Impressões de um viajante: Berlim – João Rego

Berlim é uma Babel moderna, acolheu desde após a Segunda Guerra Mundial milhares de imigrantes turcos. Hoje, depois de Istambul e Ancara, é a terceira maior cidade turca. Ao longo de décadas,  imigrantes de várias nacionalidades se foram estabelecendo, formando um rico e diversificado mosaico cultural.

Read More

Prasna Upanishad – João Rego

O ato de existir demanda muito da nossa compreensão. É em torno da existência que as religiões, e depois a ciência, vêm produzindo interpretações e conhecimento das causas e destinos do existir – um processo de milênios, avançando, avançando, porém sem nunca desvendar tudo.

Read More

ADEUS, GORKI! – João Rego

Gorki foi nosso Cocker Spaniel, que, aos treze anos, devido a um agressivo melanoma, tivemos de sacrificar. É o nosso terceiro cão, que, somando-se ao tempo de convivência com os que o antecederam, chega quase aos nossos 40 anos de casados.

Read More

Há um demônio em cada um de nós.

Com a recente Opinião da Semana, na Revista Será?, que cobra justiça para o desvendamento e a punição dos mandantes do assassinato de Marielle Franco, vários comentários – alguns de pessoas do  meu círculo de amizade – foram feitos na linha…

Read More

Ideologia Política, História e Democracia – João Rego

As ideologias políticas, aquilo que vulgarmente tentamos apreender como categorias de esquerda e direita, progressistas ou conservadoras, têm origens muito mais antigas do que possamos imaginar. Na verdade, suas raízes estão na origem do processo civilizatório, quando o conceito de propriedade foi instituído.

Read More

Negritude, Herança Opressiva – João Rego

Esta semana, quando fui colocar ar nos pneus do carro, dois jovens negros me abordaram. Esquálidos e famélicos, pediam um trocado para comprar comida. Como estava sem dinheiro, meneei a cabeça num sinal de que nada tinha, na intenção de liberar os pobres coitados para abordarem outra pessoa.

Read More

Moro e a corrupção – João Rego

Desde os primeiros momentos em que a Lava Jato desnudou a estrutura de corrupção endêmica, subjacente ao universo do poder político e econômico, que se formou uma divisão estrutural na sociedade.

Read More

Democracia brasileira: uma delicada tessitura da história – João Rego

A democracia, como processo dinâmico e estruturante de uma sociedade moderna, pressupõe que o arranjo institucional dê espaço à diversidade ideológica, fruto da complexa malha constituída pelos diversos grupos sociais imersos nessa sociedade.

Read More

Realidade, mitos e política – João Rego

Subjacente ao Poder, opera um mecanismo de dupla articulação: a mitificação dos que detêm o poder e, por outro lado, a infantilização do cidadão que a estes delega o seu destino, a sua existência em sociedade.

Read More

O Terra Café | Bar – João Rego

O ambiente é típico de uma nova geração de artistas que se sabe à frente de um movimento cultural de vanguarda. Sob um amplo cajueiro, que cobre todo o quintal da casa, está instalado o minúsculo palco e, ao seu redor, uma audiência sentada no chão. Mais atrás, cadeiras e pessoas em pé.

Read More

Militância política, informação e mídias sociais – João Rego

Ainda me lembro da tensão existente no ar. Estávamos invadindo o Colégio Nóbrega em Recife para picharmos as paredes dos banheiros com o “Dia 9 de outubro, dia do guerrilheiro! “, “Che Vive! “

Read More

Os estertores da velha classe política – João Rego

Subjacente a democratização, viceja nos esgotos da nossa recente história a corrupção e sua fiel parceira a impunidade, formando uma elite política descolada da realidade social e da sociedade civil — com perigosas falhas estruturais em suas fundações.

Read More

Barbárie, cultura e religião – João Rego

Não importa a sua religião. Não faz diferença a sua filosofia, ou ciência, para compreender sua existência. Nem muito menos seu agnosticismo, materialismo ou sua ideologia.

Read More

Muito além do PT – João Rego

Quando começamos a Revista Será?, que surgiu com a ideia de Sérgio C. Buarque, de convertermos em escrita aquilo que debatíamos em nossos encontros mensais – sempre em um bar ou na casa de Teresa…

Read More

O último refúgio – João Rego

Aqueles capturados pelos significantes do líder operário depositaram nele todas suas certezas e esperanças. Finalmente, a justiça se faria para todos os despossuídos da nação: milhares de sem-terra…

Read More

Pontes de tolerância – João Rego

Eu era muito novo quando veio o Golpe de 1964. Tinha apenas dez anos, mas era idade suficiente para entrar numa adolescência marcada pela profunda revolta e indignação pela falta de liberdade, pelas…

Read More

Um Pacto Possível pela Conciliação no País – João Rego

Sou viramundo virado
Nas rondas da maravilha
Cortando a faca e facão
Os desatinos da vida

Read More

Tudo que é sólido se desmancha no ar! (*) – João Rego

Escrevo estas reflexões no momento em que a sociedade se divide, espezinhando a razão e a serenidade, por conta dos fatos políticos recentes.

Read More

Haverá choros e ranger de dentes (Lucas 13:28-35) – João Rego

Esta expressão encontrada na Bíblia sempre me impressionou pela força dramática que ela carrega. Quase sempre transmite a fúria de um Deus vingativo, poderoso e justo contra o homem que cometeu um crime hediondo.

Read More

A Democracia como praxis – João Rego

O conceito de práxis no marxismo é uma chamada à ação para a transformação da realidade. Brilhantemente desenvolvido por Marx, é fundamentalmente necessário para um tipo de ação…

Read More

Faz escuro, mas eu canto: porque a manhã vai chegar¹ – João Rego

O ano que passou submeteu a nação a um bombardeio no campo da política, causado pelas operações da Justiça e Polícia Federal, com um impacto negativo direto na economia.

Read More

Autocrítica? – João Rego

O Estado Moderno, as religiões e seus aparelhos ideológicos são herdeiros diretos daquelas sociedades. Por mais que nos vejamos distantes delas, alguns traços primitivos persistem latentes, indestrutíveis— imunes ao tempo.

Read More

Crise e democracia. – João Rego

Democracia não é um conceito ou algo idealizado, pronto e acabado. Democracia é a práxis política em estado vivo espraiando seu efeito transformador na sociedade e em nossas vidas. Todos nós somos sujeitos e objetos desta transformação.

Read More

A entrada no quarto ano da Revista Será? – João Rego

Nossa revista tem sua origem numa prática antiga, agradável e nobre: o banquete, encontro de amigos ao redor da boa mesa e de bebidas para falar sobre temas da vida (Os gregos sabiam das coisas!).

Read More

Psicanálise: ciência ou mito? – João Rego

Nada nos salva da morte. Enquanto vivemos, sem que nossa consciência tenha acesso a este inevitável destino, somos impelidos a…

Read More

A dessacralização da política – João Rego

Carregamos todos, na relação com nossos líderes políticos, traços atávicos de subordinação mitológica. Capturados pelas paixões ideológicas agimos diante do fenômeno da política como primitivos…

Read More

A morte do Pai. – João Rego

João Rego A seu Lila (Maurílio Rego). (in memoriam) 19.05.2015 O grito de terror da minha mãe perpassou o meu corpo. Acordo assustado....

Read More

Sobre perdas e restos humanos – João Rego

Somos constituídos por desejos. Essa é a nossa essência. Se o desejo só é possível como falta, então podemos inferir que somos sujeito em busca desesperada e incessante de algo que supra esta falta.

Read More