Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Most Recent Articles

1968: Mudar o Mundo ou Mudar a Vida? – José Arlindo Soares

As mobilizações planetárias ocorridas no ano de 1968 ainda suscitam indagações sobre as motivações mais profundas que empolgaram os jovens de países que atravessavam conjunturas econômicas e políticas bem diferentes.

Read More

Será?

Por que lançar mais um blog na rede virtual já saturada de informação? O que acrescentar a este alucinado bombardeio de dados, notícias e informações que circulam e inundam o planeta?

Read More

Incerteza e Autoengano – Elimar Pinheiro do Nascimento

Há quase um ano estou participando de um estudo sobre os impactos dos empreendimentos hidrelétricos na região hidrográfica do Paraguai, onde se situa o Pantanal. Tenho entrevistado dezenas de pescadores, e me chama atenção como o passado é retratado comparativamente ao presente.

Read More

É uma droga! – Sérgio C. Buarque

A bebida alcoólica é uma droga. Droga legal mas, assim mesmo, droga. Desempenha um papel importante na convivência social de praticamente todas as culturas. Mas é uma droga, se for considerado seu efeito nos comportamentos e na alteração do estado de consciência dos usuários.

Read More

A ditadura e suas faces – Editorial

As revelações recentes da CIA, confirmando que Ernesto Geisel, quando presidente do governo militar, autorizou pessoalmente a eliminação física e sumária de militantes que lutavam contra a ditadura, mostram a face mais cruel dos anos de chumbo.

Read More

Profetas na contramão – Luiz Alfredo Raposo

Se não me engano (vejam, correjam!), foi Flaubert quem disse que, na sociedade burguesa, toda tragédia é uma tragédia do dinheiro. Da impecúnia, da prodigalidade. Do excesso de dívidas. E sua Emma Bovary é bem um emblema disso: matou-a mais (assim li) a dureza do usurário…

Read More

Hebdomadário da corte XV – Luciano Oliveira

Mas vejam só: no último “hebdomadário” (11/05/18) eu citava – sem declinar o prenome – um autor que não era Groucho, mas que evidentemente era Marx, sem me dar conta de que estava fazendo o que parece ter sido uma homenagem enviesada a Karl Marx…

Read More

O paciente de Dr. Simões – Fernando Dourado

Vivi tempos em que chegava à Mercearia São Pedro ainda no meio da tarde. Pedia a França – garçom comandante da casa – uma cerveja Original, lia os jornais que trazia e, lá pelas cinco horas, subia ao consultório do Dr. Simões para uma sessão de terapia…

Read More

O Fetichismo Político no Brasil – Aécio Gomes de Matos

Andei pensando muito sobre a crise brasileira e sobre as consequências do desmantelamento da economia, da falta de credibilidade e do civismo que atinge, de uma maneira mais ou menos generalizada, os diversos segmentos da nossa população, em todas as classes sociais, em todos os níveis de escolaridade.

Read More

Hebdomadário da Corte XIV – Luciano Oliveira

Como a poeira daquele incêndio seguido de desabamento num prédio ocupado por pobres brasileiros em São Paulo já assentou (logo logo a desgraça será esquecida), venho, sine ira et studio, meter o bedelho onde não fui chamado.

Read More

A socialdemocracia e a União Soviética – Sérgio C. Buarque

A especulação – legítima, mas muito duvidosa – segundo a qual a consolidação da social-democracia na Europa Ocidental teria sido uma resposta do capitalismo à presença ameaçadora da vizinha União Soviética – “o espectro do comunismo rondando a Europa”…

Read More

Breves Reflexões sobre a Política I – João Rego

As ideologias têm a função de mascarar parte da realidade, encobrindo-a, deixando apenas uma face pela qual o sujeito é por ela capturado, operando uma componente perversa e alienante na construção da visão de mundo desse sujeito.

Read More

A estratégia isolacionista – Editorial

Antes que a opinião pública mundial pudesse respirar aliviada com a distensão política entre os Estados Unidos e a Coreía do Norte, eis que o Presidente Donald Trump soltou novos sinais de fumaça, ameaçando o Irã.

Read More

Hebdomadário da Corte XIII – Luciano Oliveira

Li a semana retrasada na Folha um artigo de Hélio Schwartsman em que, falando sobre a sucessão em Cuba, o autor fazia uma reflexão a respeito do papel da violência nas mudanças sociais, e escreveu uma frase um tantinho debochada – da qual gostei…

Read More

O encontro de Panmunjom: euforia e ceticismo – Helga Hoffmann

De repente, mas nem tão de repente, as manchetes dos jornais do mundo inteiro parecem ter esquecido testes nucleares e mísseis cada vez mais poderosos de Kim Jong-un ou ameaças de “fogo e fúria” de Donald Trump do último setembro.

Read More