Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Sem nostalgia: Fragmentos de Memória de uma Militante – Helga Hoffmann

Quando cheguei ao Departamento de Economia da Universidade de Brasília (UnB), em 1969, tanto o Departamento quanto a UnB estavam em reconstrução.

Read More

Será Polarização o Jogo de Bolsonaro? – Helga Hoffmann

O Brasil está apalermado pela polarização. Está afetando mesmo alguns intelectuais, ao menos em polêmicas do mundo digital. Vejamos só os importantes temas que já causaram grandes debates no Facebook este ano: a sandália de dedo com que…

Read More

Mercosul-União Europeia: um acordo acidental – Helga Hoffmann

O acordo Mercosul-União Europeia deve ser comemorado. Mas ainda terá que ser analisado em detalhe. Sobretudo porque depois do primeiro esboço ainda há muito por fazer até que possa ser aproveitado pelos produtores e consumidores dos dois lados do Atlântico.

Read More

Turquia: e Istambul deu o troco a Erdogan… – Helga Hoffmann

Repetir a eleição para prefeito três meses depois não inverteu o resultado. Ao contrário, ampliou, e muito, a vantagem do candidato oposicionista. Ekrem Imamoglu, do Partido Republicano do Povo (CHP) já fora vitorioso em 31 de março, mas com margem estreita.  

Read More

Pedestre em verão quente de Sampa – Helga Hoffmann

Para muito paulistano, que ainda é um nouveau richedo automóvel, este é símbolo de status, e pedestre não passa de pobretão ou cidadão de segunda classe.  Quem não tem automóvel, quer ter. Talvez uma razão a mais pela qual a crise aqui esteja mobilizando tanta irritação.

Read More

Ética e Responsabilidade na Política Externa – Helga Hoffmann

“Rejeitei o princípio metafísico de que a política externa [de um país] não pode e não deve se preocupar com direitos humanos e outras questões que afetam o bem-estar de não-nacionais. Existe, contudo, um argumento pragmático em favor de pensar duas vezes antes de tentar introduzir justiça nos assuntos de outros povos.

Read More

Será que você não é mais rico que imagina? – Helga Hoffmann

Você acha que você é rico? Ou você acha que é pobre? Tudo é relativo. Hugo, um menino brilhante que acabou de se formar em economia numa universidade pública, mas passou um tempo numa faculdade particular com bolsa do FIES, diz que eu sou rica. E que ele é pobre. É só um exemplo. Não vou decidir aqui nossos rótulos individuais.

Read More

Paul Klee entre duas guerras mundiais – Helga Hoffmann

Surpresa! Não só a pintura de Paul Klee. Mas uma exposição de mais de 100 das suas obras no Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo. Não surpreenderá quem já sabe que o Brasil, país tão atrasado, tem bolhas de excelência.

Read More

Como entender o atoleiro do BREXIT? – Helga Hoffmann

Como entender Brexit? Não deixa de ser uma tentativa fracassada de democracia direta em país cujas instituições, a rigor, não preveem plebiscitos. Além de mostrar como o populismo é simplista. E todo simplismo é enganoso.

Read More

BPC, desculpa esfarrapada contra a reforma da Previdência – Helga Hoffmann

Ataques à proposta da Nova Previdência insistem em que ela prejudica os mais pobres e dão como exemplo a redução do BPC (Benefício de Prestação Continuada). Vi afirmação de que “a Nova Previdência prejudica os mais pobres por reduzir o BPC do idoso pobre …

Read More

Venezuela: militares ofendidos rechaçam a ajuda – Helga Hoffmann

Nunca se viu na história mundial uma situação como essa que está sendo gerada nas fronteiras da Venezuela para sábado 23 de fevereiro. Uma situação de alto risco inédita e perigosa.

Read More

Venezuela: será o começo do fim de Maduro? – Helga Hoffmann

Pode ser que a queda de Nicolás Maduro tenha começado, como anunciaram alguns jornalistas depois de 23 de janeiro, quarta-feira, quando surgiu um novo Presidente da Venezuela, Juan Guaidó.

Read More

Primeiras Impressões do Discurso de um Neocruzado contra o “Globalismo” – Helga Hoffmann

Dentre as cerimônias da posse do governo Bolsonaro, aguentei firme a ouvir, de ponta a ponta, a meia hora do discurso mais estapafúrdio que já ouvi em minha longa vida de ouvir discursos. Sim, quem trabalha na ONU naquela …

Read More

Qual a cor dos “coletes amarelos”? – Helga Hoffmann

A verdadeira cor ninguém descobriu ainda.[1]Mas há algo de marrom da extrema direita, algo de vermelho da extrema esquerda, não se sabe em que proporções. E houve até quem escrevesse que, seja marrom ou vermelho a verdadeira cor…

Read More

Venezuela: a tragédia e a ameaça – Helga Hoffmann

Mês passado o Fundo Monetário Internacional disse que a inflação na Venezuela em 2018 vai encerrar o ano em 1.350.000%. Isso significa que na média os preços aumentaram 2,7% cada dia de 2018. O Banco Central da Venezuela informou a taxa de inflação pela última vez em 2015: fechou em 180,9% naquele ano.

Read More

Parabéns, Presidente Bolsonaro – Helga Hoffmann

Quem sou eu para parabenizar o novo Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro? Pois se sequer votei nele. Mas eu acho que antes de mais nada o Presidente eleito tem que ser cumprimentado, e o primeiro a parabenizá-lo foi Maurício Macri.

Read More

Ideia de Brasil, entre Passado e Futuro – Helga Hoffmann

Em 1º de janeiro de 2003 tomou posse o Presidente Lula da Silva. Uma equipe de transição, composta de pessoas indicadas pelo Presidente incumbente, Lula, e pelo Presidente que deixava o cargo, Fernando Henrique Cardoso, coordenada por Pedro Parente, fizera durante dois meses um trabalho exemplar…

Read More

E agora, de repente, a ONU manda no Brasil? – Helga Hoffmann

Porque será que o Comitê de Direitos Humanos da ONU lembrou que esta semana era de registro de candidaturas presidenciais no Brasil? A ONU, depois de vários anos de esforço e muitas reuniões em que se envolveu o Enviado Especial da ONU para a Síria, o ítalo-sueco Staffan de Mistura…

Read More

Turquia: política econômica do grito sem eco – Helga Hoffmann

A Turquia foi para as manchetes no fim da semana passada, a começar por “Moeda turca desaba”. De fato, a lira perdeu quase 18% do seu valor em apenas um dia, 10 de agosto.

Read More

Do Porto de Hamburgo ao Porto de Santos – Helga Hoffmann

Amo cidades portuárias. Eu vivi mais de dois anos em Hamburgo, de dezembro de 1975 a fevereiro de 1978. Não só vivi: trabalhei, pertinho do Alstersee, o grande lago no centro de Hamburgo, e paguei imposto de renda e previdência social.

Read More

Abraços e pontapés croatas – Helga Hoffmann

Há uma parte do público brasileiro que merece que se aplique o adjetivo de politicamente imbecilizado. Deliberadamente opto por imbecilizado: ninguém nasce imbecil, é imbecilizado, com diversidade de gradações, pela maneira de viver, pela educação em casa e na escola, e pelo tipo da informação que absorveu.

Read More

“Oye, Trump”: as eleições de 1º de julho no México – Helga Hoffmann

“Pobre México! Tan lejos de Dios y tan cerca de los Estados Unidos.” De tão repetida a frase já virou brincadeira e, pensando bem, nem é verdade, pois ser vizinho dos Estados Unidos tem desvantagens, mas tem também suas vantagens.

Read More

Maio de 1968: para além de “ostras para todos” – Helga Hoffmann

Qual é o legado do 68? É possível resumir os acontecimentos daquele ano e efeitos de longo prazo? Até que ponto vale tratar 1968 como marco mundial de significado comum para eventos diferentes em países diversos e que tiveram em cada país consequências próprias?

Read More

O encontro de Panmunjom: euforia e ceticismo – Helga Hoffmann

De repente, mas nem tão de repente, as manchetes dos jornais do mundo inteiro parecem ter esquecido testes nucleares e mísseis cada vez mais poderosos de Kim Jong-un ou ameaças de “fogo e fúria” de Donald Trump do último setembro.

Read More

Tragédia interminável na Síria e vantagens da insignificância – Helga Hoffmann

Rubens Ricupero, em livro essencial e comovente, mostrou que a política externa é inseparável da trama da história nacional e, em cada momento, está interligada e reflete as condições socioeconômicas e políticas internas do país.

Read More

A túnica de Próspero e o punitivismo do Judiciário – Helga Hoffmann

E Próspero – supondo que seja o Duque de Milão expulso em 1611 – vestia túnica? Meu colega economista, Luiz Alfredo Raposo, antes de explicar aqui na “Será?” como a política é necessária e não há democracia sem política…

Read More

A nova coalizão de governo na Alemanha – Helga Hoffmann

Haverá interrogações já a partir do título. Nova coalizão? Não é a mesma coalizão entre CDU/CSU e SPD que governou a Alemanha de 2013 a 2017? Passados quase seis meses da eleição parlamentar na Alemanha…

Read More

Angola, a guerra que a ONU não evitou – Helga Hoffmann

De Capanda fomos novamente redistribuídos, às vésperas da eleição, agora para a capital da província de Malange. Entre civis e militares, mais de mil observadores eleitorais haviam sido distribuídos pelas zonas eleitorais na semana anterior…

Read More

Angola, a guerra que a ONU não evitou – Helga Hoffmann

Nos corredores espalhou-se a notícia: a ONU estava recrutando voluntários entre seus funcionários, que falassem português, pois iria organizar eleições em Angola. De organizar eleições não sabia nada, o que eu fazia…

Read More

Trilhas do capitalismo na China – Helga Hoffmann

A China é uma economia de mercado? Essa questão voltou à tona quando se preparava a cúpula ministerial da Organização Mundial de Comércio (OMC) que se realizou mês passado em Buenos Aires.[1] Pois desde meados da década de oitenta do século passado a China pede na OMC o reconhecimento…

Read More