Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Eu e ELES: Ecos de memória política – Clemente Rosas

Posted on out 11, 2019

Conheci Cristovam Buarque por volta de 1968, quando, com grande sacrifício financeiro, resolvi fazer uma “reciclagem” e me inscrevi num curso de mestrado em economia da UFPE, trabalhando apenas meio expediente no PLANESC, escritório de projetos de amigos paraibanos.

Read More

Eu e ELES: Ecos de memória política – Clemente Rosas

Posted on out 4, 2019

Quando meu conterrâneo Cássio Cunha Lima – o homem que, sem me conhecer, me nomeou Procurador Geral da SUDENE – resolveu, no final de 1993, deixar a superintendência da autarquia para retomar sua carreira política, comentou-se que o presidente Itamar Franco…

Read More

Eu e ELES: Ecos de memória política – Clemente Rosas

Posted on set 27, 2019

Na segunda metade da década de 50 do século passado, começou-se a falar, na Paraíba, de um de seus filhos emigrados.  Nascido em Pombal, no sertão do Estado, havia-se transferido, adolescente, para João Pessoa, e poucos anos depois para a capital do país, onde se formou em Direito.

Read More

Eu e ELES – Clemente Rosas

Posted on set 20, 2019

Voltando à Paraíba em 1962, ao final do meu mandato na diretoria da União Nacional dos Estudantes, para concluir o meu curso de Direito, travei conhecimento com um rapaz franzino, de grossos óculos, pouco mais jovem do que eu, que trabalhava na Rádio Tabajara, emissora do Governo do Estado. 

Read More

Eu e ELES: Ecos de memória política – Clemente Rosas

Posted on set 13, 2019

Quando ouvi falar, pela primeira vez, em Ariano Suassuna, na década de 50 do século passado, tinha quinze ou dezesseis anos, e estava ainda no curso secundário.  O Teatro do Estudante da Paraíba encenava, no Teatro Santa Roza, de João Pessoa…

Read More

Eu e ELES: Ecos de memória política – Clemente Rosas

Posted on set 6, 2019

No ano de 1968, participei, como observador da FUNDINOR – Fundação para o Desenvolvimento Industrial do Nordeste, da reunião de criação da SUDAM – Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia.  Na verdade, um belo passeio pelo rio Amazonas, com o rótulo de “seminário”, a bordo do navio Rosa da Fonseca…

Read More

Eu e ELES: Ecos de memória política – Clemente Rosas

Posted on ago 30, 2019

Nos anos 1961-62, tempo de minha breve experiência de política universitária, só havia uma UEE (União Estadual de Estudantes) em oposição à UNE: a de Pernambuco, presidida pelo liberal Marco Antônio Maciel.

Read More

Eu e ELES – Ecos de memória política – Clemente Rosas

Posted on ago 23, 2019

A morte de Alcides Carneiro, em 1976, na distante Brasília, talvez possa ser comparada pelos paraibanos com a de Edith Piaf.  A França perdeu a sua cotovia, a Paraíba, o mais inspirado orador de massas de sua história. 

Read More

Eu e ELES – Ecos de memória política – Clemente Rosas

Posted on ago 16, 2019

No final de 1964 – mesmo inocentado pela Comissão Geral de Investigações – por conta do meu passado de militância política estudantil, fui demitido da SUDENE.  Meu regime de trabalho era “celetista”, o que permitia a demissão, ainda que sem “justa causa”.

Read More

Eu e ELES: ecos de memória política – Clemente Rosas

Posted on ago 9, 2019

Para Joaquim Inácio Brito, parceiro de longas conversas “de omni re scibili et quibusdam aliis”, que me sugeriu escrever estes textos.

Read More